Pensamentos sobre política (1)

Já faz algum tempo que pretendo escrever sobre minhas idéias políticas. Hoje, após ler o link do post abaixo, essa vontade veio mais forte. Minha idéia era colocar isso num wiki ou numa página estática, mas isso não é possível por enquanto, já que estou trocando de servidores. Portanto, vou escrevendo aqui no blog, e depois sintetizo tudo em um wiki.


Todas as pessoas devem ter a liberdade de fazer tudo o que quiserem, desde que esses atos não impessam outras pessoas de exercerem suas liberdades. A função do estado é evitar que a vontade de uma pessoa se sobreponha ao direito das outras pessoas de exercerem suas liberdades. Não estou certo que ele deva fazer apenas isso, mas acho que não existem muitas outras coisas que ele deva fazer. Assim, a atuação do estado deve ser mínima.

Um exemplo desse minimalismo é a ação da polícia. A polícia é a manifestação do estado mais concreta na vida dos cidadãos. É ela quem garante que as pessoas não limitem a liberdade de outras pessoas, e deve agir apenas com o propósito de punir quem fizer isso e evitar que as pessoas o façam. Ao agir preventivamente, ela deve agir o mínimo possível, com a maior cautela possível e de forma a perturbar os cidadãos o mínimo possível.

Para isso, naturalmente, precisamos de uma polícia extremamente bem preparada. Por constituirem um setor chave do funcionamento da sociedade, os policiais deveriam ser muito bem preparados e remunerados. Curso superior em direito deveria ser exigência mínima.

A prevenção de crimes com o mínimo de ação pode ser feita apenas com a presença policial nas ruas, em pontos estratégicos e fazendo ronda. Também considero válida a abordagem de carros e até mesmo a utilização de bafômetros. Não considero válida uma pergunta sem justificativa para um cidadão, do tipo: “Aonde você está indo?” Não considero válida, de forma alguma, a proibição de aglomerações, nem o bloqueamento das vias de acesso a uma área da cidade.

Tenho dúvidas sobre se vale a pena preservar o corpo policial atual ou se é melhor simplesmente construir uma nova polícia, com pessoas mais bem preparadas. Tendo a achar que a instituição já está corrompida, e que seria melhor a extinção dessa instituição e a criação de uma nova, do zero. Mas não estou completamente certo disso. Penso em algo parecido para a educação de base, ou seja, ensino fundamental e médio.

About these ads

3 Respostas to “Pensamentos sobre política (1)”

  1. Rafael Says:

    Não acho que o problema é curso superior. Conheço gente que tem curso superior e que concorda com vários comportamentos absurods da policia. O problema está no excesso de poder nas mãos do policial e o excesso de dependencia no estado que as pessoas tem. Alias, acredito que para ser sargento, uma patente não muito alta, hoje em dia é necessário curso superior. Só que isso não ajuda em nada.

    A primeira solução para tudo parece ser o estado. Quando acho que essa devia ser a última solução para tudo, quando as coisas estiverem claramente insustentáveis. E, mesmo assim, acho que os envolvidos na intervenção do estado deveria pagar os custos da intervenção (mesmo que de forma simbólica).

  2. marcotmarcot Says:

    Concordo que o problema não é apenas o curso superior. Mas acho que, se todos os policiais tivessem curso superior em Direito, eles teriam um conhecimento melhor da legislação do que atualmente, e isso seria bom por muitos motivos. Desde para que eles evitem de agir ilegalmente, até para serem um ponto de referência e informação para a população sobre a legislação. Você poderia estar andando na praça sete e querer saber sobre direito tributário e tirar uma dúvida com um policial.

    O que você quer dizer com pagar os custos da intervenção?

  3. Anônimo Says:

    Salários de policiais, combustivel gasto na operação, etc. Seria legal poder tirar uma dúvida de direito com um policial, mas seria legal tirar uma dúvida de computação ou eletrônica também.

    Não acho que o problema dos policiais seja a falta de conhecimento da legislação, acho que não passa nem perto disso. E nem acho que um curso superior de direito mudaria isso também. Eles já fazem diversas provas de direito para subir de patente, acho que um curso de direito seriam apenas mais provas. Nada que ensinaria alguma coisa mesmo.

    Os policiais tem conhecimento de como o direito funciona na prática, das coisas que eles fazem; e isso é tudo que eles precisam mesmo. O estado realmente dá muito poder aos policiais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: